Select language:
Início de área de conteúdo!--a11y-->

Documentação de processo Programação do transporte e da expedição 

Durante a entrada da ordem, cada divisão da remessa de um item pode conter uma data desejada de remessa. As mercadorias devem chegar ao cliente nessa data. Na etapa de processamento da ordem, o sistema pode programar automaticamente quando devem ser iniciadas as atividades básicas de expedição, como picking, carregamento e transporte, para que a data desejada de remessa seja mantida.

Os termos empregados na programação estão definidos a seguir. O usuário deve distinguir:

  • as horas necessárias (duração em horas) para executar determinadas atividades
  • as datas calculadas com base nessas horas

Horas

  1. Os valores baseados em experiências anteriores do departamento de expedição são entrados no sistema, na forma de tempos de trânsito, tempos de carga, tempos necessários para picking e embalagem e tempos de organização do transporte:
  2. O tempo de trânsito é o período em dias necessário para fornecer mercadorias, do local do usuário até o local do cliente. Esse tempo é definido para um itinerário.
  3. O tempo de carregamento é o período em dias necessário para carregar um item de remessa e é calculado com base no local de expedição, itinerário e grupo de carregamento do material.
  4. O tempo necessário para picking e embalagem é o período em dias necessário para atribuir mercadorias a um fornecimento e o período em dias para picking e embalagem. Esse período é calculado com base no local de expedição, itinerário e grupo de peso do item da ordem.
  5. O tempo de organização do transporte é o período em dias necessário para organizar a expedição das mercadorias. Esse período pode incluir a reserva de um navio e de um caminhão em uma transportadora. Esse tempo é definido para um itinerário.
  6. Nota

    Se o usuário não atualizou quaisquer horários de trabalho no local de expedição, a unidade de tempo é o dia (jornada de trabalho = 24 horas) com duas casas decimais

    Se o usuário atualizou os horários de trabalho no local de expedição, a unidade de tempo é definida em horas, minutos e segundos.

    Também é possível entrar o calendário de fábrica da transportadora para o itinerário ao definir o tempo de trânsito. Esse calendário de fábrica pode ser diferente do calendário de uma sociedade específica. Por exemplo, a transportadora pode funcionar 6 dias por semana.

    O usuário só pode entrar o tempo de trânsito em dias com duas casas decimais, mesmo que tenha atualizado os horários de trabalho no local de expedição.

    A figura a seguir mostra os diferentes tempos considerados durante a programação da expedição.

    Este gráfico é explicado pelo respectivo texto

    Datas

    Para o processamento do fornecimento, são importantes as seguintes datas:

    1. É necessário iniciar as atividades de picking e embalagem na data da disponibilidade do material. Essa data deve ser selecionada com antecedência suficiente para que as mercadorias estejam prontas na data de carregamento determinada.
    2. A data de programação do transporte é aquela em que o usuário deve iniciar a organização do transporte das mercadorias. É necessário selecionar essa data com antecedência suficiente, para que os meios de transporte estejam disponíveis na data do carregamento.
    3. A data do carregamento é aquela em que as mercadorias devem estar disponíveis para o carregamento e todos o veículos necessários para a expedição dessas mercadorias devem estar prontos para o carregamento. Depois de expirado o tempo necessário para o carregamento das mercadorias (tempo de carga), é possível executar a saída de mercadorias.
    4. A data de saída de mercadorias é aquela em que as mercadorias deixam a sociedade para chegar pontualmente ao local do cliente.
    5. A data de entrega é aquela em que as mercadorias devem chegar ao local do cliente. A diferença entre a data de saída de mercadorias e a data de entrega é calculada com base no tempo de trânsito necessário para o itinerário entre o centro fornecedor e o cliente.
    6. A data de entrega pode ser a data desejada de remessa do cliente ou a data de confirmação da remessa (isto é, a primeira data em que é possível fornecer as mercadorias ao cliente).

    Dados contidos na ordem do cliente

    O usuário encontrará os dados adequados da ordem do cliente, na tela Item - Divisão - Detalhe expedição. É possível acessar essa tela conforme descrito a seguir:

    1. Em uma das telas de síntese na ordem, selecionar o item cujos dados de expedição serão visualizados. Em seguida, selecionar Item
    ® Divisões remessa ® Quantidades/datas.
  7. Posicionar o cursor na divisão de remessa adequada e selecionar Processar ® Detalhe expedição.
  8. Dados contidos na remessa

    O usuário encontrará os dados importantes de expedição no nível do cabeçalho da remessa. Para isso, selecionar Cabeçalho

    ® Info relev.p/transporte em uma tela de cabeçalho ou de síntese.

    A data da disponibilidade de material pode ser diferente para cada item. Isso poderia ocorrer, por exemplo, devido a grandes quantidades ou a embalagens complexas. Essa data é encontrada no nível do item. Selecionar o item cuja data da disponibilidade de material será exibida na primeira tela de síntese e, em seguida, selecionar Item ® Detalhe item. O usuário encontrará a data da disponibilidade de material na seção Picking do campo Data disp.mat.

    Na ordem do cliente, o sistema calcula a hora exata da disponibilização das mercadorias, do carregamento e envio, para que cheguem ao local do recebedor da mercadoria na data desejada de remessa. Os dois tipos diferentes de programação executados são a programação da expedição e a programação do transporte.

    Programação da expedição - programação do transporte

    Todas as atividades a serem executadas antes do fornecimento das mercadorias ao cliente são consideradas durante a programação da expedição. Isso inclui o carregamento, picking e a embalagem. A programação da expedição calcula a data da disponibilidade de material e a data do carregamento.

    Todas as datas utilizadas para preparar e executar o transporte de mercadorias são consideradas durante a programação do transporte. Isso inclui o tempo de trânsito e o tempo de organização do transporte, necessários para providenciar uma transportadora estrangeira ou um caminhão da frota da sociedade. A data de saída de mercadorias e a data de programação do transporte são calculadas pela programação do transporte.

    Critérios da programação

    Para cada tipo de documento de vendas, é possível definir se será executada uma programação da expedição e/ou programação do transporte.

    É possível definir, por local de expedição, se o sistema proporá o tempo de carga e o tempo necessário para picking e embalagem para a programação da expedição. Para calcular esses tempos, utilizar os seguintes critérios:

    1. Local de expedição

    O processamento pode ser efetuado mais rapidamente em um local de expedição do que em outro.

    1. Local de expedição, itinerário e grupo de carregamento e/ou peso

    Como o itinerário é necessário para definir o meio de transporte, é possível considerar aqui um atraso ou adiantamento que interfira no processamento. O peso pode ser importante para calcular o tempo necessário para picking e embalagem, e o grupo de carregamento do registro mestre de material, para calcular o tempo de carga.

    1. Local de expedição, grupo de carregamento e/ou peso

    Se o itinerário não for considerado ao calcular o tempo necessário para picking e embalagem ou o tempo de carga, o local de expedição e o peso passarão a ser os únicos critérios utilizados para calcular o tempo necessário para picking e embalagem. O local de expedição e o grupo de carregamento passam a ser os critérios aplicados para o cálculo do tempo de carga.

    O tempo de organização do transporte e o tempo de trânsito da programação do transporte são calculados com base no itinerário.

    Nota

    A programação regressiva é sempre executada para a programação da expedição e programação do transporte. Se a programação regressiva determinar uma data de disponibilidade de material ou data de programação do transporte situada no passado, o sistema executará automaticamente a programação progressiva para calcular uma data de entrega que possa ser confirmada.

    Programação regressiva

    Primeiramente, o sistema efetua a programação regressiva com base na data desejada de remessa:

    Data desejada de remessa

    ./. menos o tempo de trânsito

    -------------------------------------------------------

    Data de saída de mercadorias

    Data de saída de mercadorias

    ./. menos o tempo de carga

    -------------------------------------------------------

    Data de carregamento

    Com base na data de carregamento, o sistema calcula duas outras datas: a data de organização do transporte e a data de disponibilidade do material.

    Data de carregamento

    ./. menos o tempo de organização do transporte

    -------------------------------------------------------

    Data de programação do transporte

    Data de carregamento

    ./. menos o tempo necessário para picking e embalagem

    --------------------------------------------------------

    Data de disponibilidade do material

    A primeira dessas duas últimas datas (data de disponibilidade do material e data de programação do transporte) determina a data de vencimento da expedição de uma divisão de remessa.

    Programação progressiva

    Se a programação regressiva determinar uma data de vencimento passada para a expedição de uma divisão de remessa ou se o material não estiver disponível na data calculada, o sistema efetuará automaticamente a programação progressiva para calcular a primeira data de expedição possível.

    Por exemplo, a partir da data atual, o sistema calcula a data do carregamento, a data de saída de mercadorias e, em seguida, a data de remessa confirmada, ao somar os tempos de expedição mencionados anteriormente.

    Este gráfico é explicado pelo respectivo textos

    Regras de arredondamento de dados

    Se o usuário não atualizou quaisquer horários de trabalho, o sistema sempre arredondará as datas da programação para cima ou para baixo, segundo a prática habitual da sociedade. Além disso, é possível calcular tempos diferentes de buffer para cada local de expedição e adicioná-los ao tempo de carga e ao tempo necessário para picking e embalagem. Isso permite prever possíveis atrasos nas atividades de expedição.

    De acordo com a regra de arredondamento aplicada, o sistema pode determinar que o carregamento programado de acordo com o tempo necessário para picking e embalagem, a ser efetuado à tarde, não seja iniciado até o dia seguinte. Assim, se as atividades de picking e embalagem forem adiadas, o caminhão não precisará aguardar.

    É possível definir o período de arredondamento por local de expedição, no Customizing.

    Se o usuário atualizou os horários de trabalho, a programação será calculada com exatidão.

     

     

     

     

    Fim de área de conteúdo