Lançamentos em estoque

Se um lote de controle for relevante para o estoque, o usuário pode lançar o estoque no lote de controle manualmente, durante a tomada de decisão de utilização. Com base nos lançamentos em estoque, o sistema realiza os lançamentos correspondentes no componente Administração de materiais.

O usuário pode atualizar o estoque a qualquer momento no processo da decisão de utilização, se existirem quantidades pendentes a serem lançadas:

Se um lote de controle não for relevante para estoque, o usuário não pode efetuar lançamentos em estoque com as funções de decisão de utilização. Exemplos de lotes de controle que não são relevantes para estoque incluem todos os lotes de controle criados manualmente e os que não foram criados em decorrência de movimentos de mercadorias (por exemplo, um movimento de mercadorias para uma ordem de produção).

Tipos de lançamentos em estoque

O usuário pode lançar quantidades do material de um lote de controle aos seguintes destinos:

Se o usuário lançar um material de lote a partir do estoque bloqueado na entrada de mercadorias para um outro destino, especificar um número do lote ao fazer o lançamento.

O sistema cria um documento de material para registrar o lançamento em estoque feito para um desses destinos. No documento de material, é possível especificar:

Se necessário, o usuário pode especificar uma data de lançamento em um período anterior.

O sistema só exibe o campo de entrada para o lançamento de uma devolução caso o lote de controle tenha sido criado com base em um dos movimentos de mercadorias a seguir:

Se efetuar um lançamento para uma devolução, o usuário deve especificar o motivo para a devolução. Selecionar um motivo através da ajuda de entradas possíveis do campo.

As condições acima também se aplicam às transferências de estoque. Nesse caso, o usuário deve entrar ou selecionar o pedido.

Proposta automática para lançamentos em estoque

Para codes de decisão de utilização no tipo de catálogo de controle 3, o usuário pode predefinir propostas automáticas para os lançamentos em estoque. Isso pode ser feito através da atualização dos codes do conjunto selecionado, como descrito a seguir:

Por exemplo, para que o code de decisão de utilização aceite um lote de controle, o usuário pode definir o código de proposta de estoque, de forma que o sistema lance automaticamente o estoque no estoque de utilização livre.

Caso o usuário defina esse código para um code, o sistema lança o estoque automaticamente. Se esse código não for definido, o usuário deve confirmar a proposta de estoque manualmente.

O usuário pode definir que o sistema modifique ou retenha o status do lote atual com a decisão de utilização (por exemplo, o usuário pode modificar o status do lote para "utilização livre", para "restrito", ou ainda definir que nenhuma modificação no status do lote seja feita).

Lançamentos em estoque para controles destrutivos

O sistema pode considerar as quantidades de materiais destruída durante um controle de qualidade quando o usuário efetuar lançamentos em estoque para um lote de controle. Quando o usuário chama a tela de lançamentos em estoque, durante a decisão de utilização, o sistema automaticamente calcula a quantidade destruída e faz uma proposta de estoque a ser lançado na utilização de amostra. Com isso, o sistema considera as quantidades já lançadas na utilização de amostra.

Para que o sistema possa calcular a quantidade de material destruída em um controle, o usuário deve ativar o código de controle destrutivo para cada característica, cujas quantidades de material devam ser incluídas nessa proposta de estoque.

O sistema efetua um lançamento em estoque automaticamente quando toma uma decisão de utilização automática ou quando o usuário toma uma decisão de utilização com lançamentos em estoque automáticos.

Para controles destrutivos, o usuário pode utilizar a ampliação QEVA0009 para predefinir a quantidade a ser lançada na utilização de amostra.

Vide também:

Catálogos